sexta-feira, julho 29, 2005

Amsterdam

Um dos gajos é professor e foi chamado para fazer uma substituição, há 3 meses atrás. As aulas acabaram e o gajo trabalhou 1 mês e vai receber 3 ou 4 meses; acabou de chegar de Espanhã de fazer um dos "Caminhos de Santiago" e parece que curtiu bué! O outro, há 2 meses atrás, partiu um pé (não foi bem partir, foi outra coisa qualquer) e ficou incapacitado para trabalhar, pelo menos para o "seguro"... Recebeu durante 2 meses, a dobrar (não terá sido bem a dobrar, mas lá perto)!!
Estão na minha cama e amanhã vão para Amesterdão. É preciso ter galo!

9 comentários:

transpose disse...

vidinha boa... ;)

Deseja-lhes bao viagem e que não se esqueçam da malta ;)

Phi@ disse...

E é preciso ter gelo, e daí também não!!! Pronto, já não digo coisa com coisa, mas também acontece casualmente!!! ;)

Sergy disse...

Boa viagem para eles!

carmuue disse...

bon voyage!!
nós, os humildes mortais mantemo-nos por terras lusas!

legivel disse...

Uma das melhores coisas que podemos fazer (quando há possibilidades para tal...) é viajar. Lá por fora, cá dentro e...ao nosso interior.
Viajar é uma fonte de conhecimento dos outros e de nós próprios.
Hoje viajei até este blog e não dei o tempo por mal empregue.

Humor Negro disse...

Recomendo
http://razao-tem-sempre-cliente.blogspot.com/2005/01/razo-do-professor.html

Vodka e Valium 10 disse...

Já tive a minha dose de passeio. Páscoa em Amesterdão, Verão em Berlim, com Paredes de Coura em vista. Imperdível, Keiser Chiefs, The Bravery, Pixies, Queens Of The Stone Age, Nick Cave & The Bad Seeds, entre outras delícias musicais.

MAs hão-de todos ter o vosse rebuçado. Sempre ouvi dizer que o último a rir...

Eduardo Leal disse...

Sou eu o professor de que o blog fala,pois só vos posso dizer que todos temos direito a ter fezadas.Quem me dera poder ter levado toda a gente que eu amo e que tenho a certeza que iriam contribuir com bom ambiente,para passar os bons momentos que tive,como a nosso(a) amigo(a)diz não existe nada mais gratificante sentirmos em nós a fonte de conhecimento dos outros e de nós próprios.Parabéns a este blog pela sua qualidade e um grande beijo ara quem é de PAZ

unknown soldier disse...

...então e o "outro", não se descose?!